COMPARTILHANDO FATOS, IDÉIAS E VIDA ENQUANTO CAMINHAMOS

2 de abr de 2007

ESTOU COM MEDO DE NÃO OUVIR MAIS OS PASTORES...



----- Original Message -----
From: ESTOU COM MEDO DE NÃO OUVIR MAIS OS PASTORES...
To: contato@caiofabio.com
Sent: Wednesday, March 28, 2007 7:22 AM
Subject: Conselho, help.....

Caio, (Se me permite a liberdade)

Alguns meses atrás um amigo me apresentou seu site e me enviou algumas de suas mensagens. Já tinha ouvido falar algo a seu respeito, mas nada muito claro que possa me lembrar.
Ouvindo, lendo e avaliando seus pensamentos e mensagens, tive um esclarecimento diferenciado do que pensava antes ser o certo.
Penso hoje que o meu tempo da ignorância não era antes da minha conversão, mas sim enquanto me deixava influenciar por doutrinas e dogmas religiosos que me privavam de uma vida feliz e proveitosa em Cristo.
Sinto-me agora sendo dês-contaminado das coisas humanas e religiosas.
Dia desses fui a uma “igreja”. O culto foi exatamente como convencionado pela denominação a qual a igreja pertence, mas na hora da pregação parece que quase nada do que foi dito tinha algo proveitoso a meu ver, agora.
Tenho agora medo de não dar mais credibilidade a nenhum pastor ou líder de igreja, de me sentir totalmente deslocado em qualquer igreja que for.
Preciso de um conselho com relação a isso, pois, não tenho mais vontade de ir a nenhuma congregação com o receio de me sentir pressionado a fazer algo imposto por homens e ser taxado de rebelde ou desviado segundo seus conceitos.

Aguardo ansioso sua resposta.
____________________________________________
Resposta:

Meu mano: Graça e Paz sobre sua vida!

Poderia lhe dizer muita coisa, usando aspectos de sua carta, a fim de mostrar que sua angustia ainda é um fenômeno de transição psicológica e espiritual.
Transição da religião para a liberdade do Evangelho.
Seu desconforto tem a ver com o fato de que em sua alma o que é difícil de aceitar, é que você possa não ter mais interesse no que “os pastores falam”.
Ora, eu já nasci na fé sem tal interesse acerca do que os pastores falavam. E essa foi uma grande bondade de Deus para comigo. Sim. Porque “o quem fala” nunca me importou tanto. Mas sim “o que se fala”, não importando por quem...
Você tem que ficar angustiado é se você abrir as Escrituras para ler, abrir os evangelhos, e, por tal meio, não tiver mais nenhuma manifestação de alegria no espírito.
Todavia, não ter interesse no que a maioria dos pastores fala ou escreve, saiba: para mim é um sinal de entendimento, pois, infelizmente, o que a maioria fala nada tem a ver com o Evangelho, e, por tal razão, não deve ser de nosso interesse. Até que eles voltem a falar o Evangelho.
Essa convergência de preocupação para o interesse no que os pastores falam é a manifestação de seus resíduos religiosos se expressando por essa última via de conflito: o medo de não ter mais sossego ao se assentar numa “igreja” para ouvir.
Ora, esse medo veio a ser confessado por você como medo de ficar na marginalidade da fraternidade. Sim. Você teme que, não podendo mais se sentir à vontade ouvindo certas pregações erradas, sua alma não vá mais ter a paz para desfrutar do convívio com aqueles que você ama e que estão em tais lugares.
Mas não será assim. Você não ficará só.
Embora eu saiba que cada vez mais você sentirá esse desconforto, o qual é, infelizmente, algo que eu prevejo com tristeza; porém, o digo com a veemência da verdade, pois, se eles, os pastores, dissessem a verdade do Evangelho, você não estaria nem me escrevendo.
Sugiro a você que inicie sua ambientação no Caminho da Graça entrando na internet no grupo do Caminho no Paltalk.
Creio que de lá (o Paltalk) você aprenderá o caminho de uma fraternidade muito mais ampla; pois, aprenderá que cada um edifica e ajuda ao próximo.
Os pastores no Caminho são apenas todos os que pastoreiam uns aos outros. Quem o faz, é; quem não faz, não é. Simples assim.
Mas é por tal razão que a Palavra deixa de ser um oráculo na boca de um pastor; e se torna para a pessoa uma possibilidade de iluminação que vem mediante qualquer pessoa à volta da gente. E isso sem falar na leitura da Escritura, a qual é a via das vias.
Se você desejar entrar para o grupo do Caminho no Paltalk escreva para ana@caiofabio.com

Mas saiba: a experiência da liberdade dá vertigem em todo aquele que estava há muito tempo sob o teto baixo do Bangu I da religião.

Ande no chão simples do Evangelho e você não será confundido e estará sempre crescendo em entendimento e firmeza na fé.

Nele, que é a nossa segurança e comunhão,

Caio
28/03/07
Lago Norte
Brasília
www.caiofabio.com

Nenhum comentário: