COMPARTILHANDO FATOS, IDÉIAS E VIDA ENQUANTO CAMINHAMOS

11 de set de 2007

No Divã - 28a. História

----- Original Message -----
From: QUEM AMA O CAIO ODEIA A IGREJA?
To: contato@caiofabio.com.br
Sent: Tuesday, September 11, 2007 00:10
Subject: quem ama o caio odeia a igreja?


CAIO, LEIA POR FAVOR...


Confesso que ler o seu site e ouvir suas mensagens me causam um certo medo. A cada pregação que eu ouço e a cada texto que eu leio, eu percebo que não entendo nada do evangelho. Porém, ao mesmo tempo, percebo que as pessoas que são “adeptas” das suas mensagens, se é que posso dizer assim, são pessoas que normalmente se feriram, se decepcionaram com a igreja e buscam nas suas mensagens um refúgio.

A maioria daqueles que lêem suas mensagens é contra todas as denominações e tudo que se diz cristão nos dias de hoje. E isso me deixa meio confusa... Será que essas pessoas são pessoas completamente feridas com as denominações e buscam em você e naquilo que você prega um motivo para atingir aqueles que um dia os atingiram?

Falo isso de mim. Tenho lido o site e ouvido as pregações. Mas não quero fazer de você e da sua palavra uma justificativa para os meus pecados e para as minhas decepções.

Já me decepcionei muito com tudo que se diz de Deus e com pessoas que se dizem Filhas daquele que criou todas as coisas. E com isso, dentro do padrão evangélico, estou desviada. Isso me causa certo desconforto, porque eu quero amar a Deus e fazer o que ele quer que eu faça e manda em sua palavra. Mas já não sei mais o que vem Dele e o que vem de homens.

Confesso que ao ler o seu site e ao ler as cartas de Paulo vejo alguma semelhança. Parece que ouço sua voz e seu jeito quando leio o que Paulo escreve Às igrejas, por isso resolvi te pedir ajuda.

Alguns dizem que eu tenho demônio por causa dos meus problemas psicológicos e minhas atitudes impensadas. Além dos meus pecados, claro.

Estou a dois anos fora da igreja e vivendo a minha vida, fazendo tudo o que eu tenho vontade e tudo o que disseram para mim que era pecado. De fato, eu achava que era e ainda acho. Sempre fui certinha com as doutrinas e com aquilo que diziam que vinha de Deus.

Hoje, eu fumo e gosto de fumar. A única coisa que me faz ter vontade de parar é a culpa que sinto em relação a tudo que aprendi sobre Deus. Fumar me causa certo alívio para as minhas crises e minhas neuroses.

Transo com meu namorado e gosto. Eu o considero o meu primeiro homem. Namoramos há dois anos entre idas e vindas. Mas ele é o meu único parceiro. Isso também me traz culpa. Não quero encontrar nas suas mensagens liberação para tal ato. Leio a bíblia procurando encontrar algo que me fale a respeito disso. E encontro textos que me deixam confusa, como por exemplo: é melhor casar do que viver ardendo em desejo. Ou seja, se eu estou ardendo em desejo é porque não estou transando. Se é melhor casar, sinal que antes do casamento não pode. Ao mesmo tempo, tenho em mente que Deus me fez com esses desejos. É natural do ser humano. Deus te faz com uma vontade que não pode ser saciada?

Enfim, tenho muitas questões acerca do evangelho e acerca daquilo que é puro santo de verdade ou aquilo que é meramente humano.

Minha vida está um caos e confusa com tudo isso.

Aguardo seu retorno.

________________________________

Resposta:


Querida amiga: Graça e Paz!


Você é novinha aqui no site; daí as suas questões serem as de quem começou a ler e ouvir...

De fato, uma leitura do site mesmo [e não de um texto aqui e outro ali] revelará a você que minha defesa é da Igreja contra a “igreja”.

Para poder ser Igreja tive que dizer não à “igreja”. Ou seja: não fiz nada diferente do que Jesus fez; pois, sendo Ele “judeu” viveu fora com os marginalizados pela religião. Seria como se Jesus tivesse sido criado “evangélico”, mas, depois, tivesse saído fisicamente desse meio por ter sido expulso em razão de Sua Palavra, e, ao mesmo tempo, sendo ouvido pelos de fora, conforme aconteceu nos evangelhos.

É culpa de Jesus que os fariseus não tenham querido o Evangelho e as meretrizes sim?

É culpa de Jesus que os saduceus não cressem em ressurreição enquanto Lazaro se erguia da morte?

É culpa de Jesus que as autoridades do templo não cressem na Palavra enquanto o marginal Centurião Romano cria mais do que todo o país junto?

É culpa de Jesus que o endemoninhado de Gadara tenha entendido a Palavra mais rápido do que o Mestre Nicodemos?

É culpa de Jesus que nenhuma mulher famosa de Israel o tenha seguido enquanto a cadelinha siro-fenícia Nele creu para além de toda compreensão?

É culpa de Jesus que o rico tenha andado indiferente para com a vida, enquanto o Lazaro purulento morria e era levado ao seio de Abraão?

É culpa de Jesus que os magos tenham tido iluminação-estrela, mesmo sem Escritura na mão, enquanto os que tinham a Escritura nada fizeram para seguir a profecia que levava até Belém?

É culpa de Jesus que os escribas e entendidos tenham rejeitado a Palavra enquanto os pequeninos a amaram?

É culpa de Jesus que somente os ricos - parias é que tenham a Ele se achegado [como os publicanos], enquanto os demais Dele fugiram?

É culpa de Jesus que a “plebe que nada sabe da Lei” tenha amado a Graça?

É culpa de Jesus que Nazaré [Sua cidade] o tenha rejeitado e que entre pagãos Ele tenha sido acolhido?

Sim! É culpa de Jesus que o Evangelho nos diga exatamente que foi assim?...

Desse modo, o que aqui acontece é que o Evangelho está sendo pregado e a ele se achegam os doentes que precisam de médico...

Ou é minha culpa que o Evangelho esteja sendo crido por quem a “igreja” repudia como doente?

Com relação a ser ou o Caio ou a Igreja, Deus me livre. A questão é outra: Ou é Jesus ou é a “igreja”?!

A Igreja é de Jesus. Já a “igreja” tem milhares de donos!

Quanto a não querer ter em minhas palavras e atos “uma justificativa” para os seus pecados evangélicos, saiba:


1. Você não terá tais justificativas em mim jamais. Ou você pensa que prego que devemos cometer males para que nos venham coisas boas? Não! Você ainda não entendeu nada. Daí seu medo. Você intuiu o cheiro da Verdade de Jesus, mas foi ainda só o cheirinho...

2. Seus pecados podem ser pecados ou “pecados”... — depende apenas de sua consciência em relação a eles. Existem pecados que existem, e existem pecados que só existem para quem assim os considera. Os seus são do tipo que a pessoa considera: são seus...


3. Apenas digo a você que tudo o que não provém de fé é pecado, mesmo quando não é, pois, embora tal coisa seja assim considerada [pecado] pela pessoa, ela a pratica como pecado em sua consciência, e, desse modo, o que não seria pecado passa a ser por ter sido assim considerado...

O mais, eu teria que escrever milhares de páginas de site só para você, pois, tudo o que lhe aflige, aqui no site já foi mais batido do que onda em rocha em dia de ressaca...

Tenha trabalho: leia.

Seu grande problema é outro:

Seu estado psicológico é muito frágil e sua compreensão das coisas está seriamente afetada por esse estado de culpa neurótica, o qual apenas abisma você mais profundamente na própria neurose culposa que a habita.

Você é parte de um grande grupo de crentes que começou a ler o site agora, que pensa que está fazendo parte de algo novo, e que não é mais novo para milhões...

Assim, leia; pois, se seu desejo de saber e praticar é genuíno, então está aí no site para você; mas se não é, se ao invés você quer apenas me ocupar com sua aflição, então, saiba: não posso ajudar; pois, minha ajuda está dada, e é dada todos os dias, à medida em que como grupo de milhões vamos caminhando juntos... Mas quem chega depois tem perguntar enquanto anda... No nosso caso o perguntar deve acontecer depois de ler mesmo, pois, do contrário, é como se eu estivesse colocando o telhado, e, você que chegou agora, desejasse que eu parasse tudo para voltar a cavar na fundação.

Assim, pergunto-lhe: Por que você não vem e vê?

Sobre suas questões, digo: são suas... E você mesma disse que gosta delas mesmo contra você. Ora, se é assim elas já não são questões...

Eu, porém, digo apenas a você o seguinte:

Transar sem amor é pecado. Transar com amor com quem não se deve é pecado. Transar sem consciência é pecado. Transar com amor com quem nos ama e é livre para nos amar é apenas amor. Mas transar sem fé é pecado. Pois, tudo o que não provém de fé é pecado.

Fumar faz mal à saúde e gera dependência psicológica ao vício. Portanto, é uma droga antes de ser qualquer outra coisa...

Leia o link OS REIS DO CHOQUE!

O mais... — é com você!

A melhor ajuda que lhe dou é não lhe dar nenhuma mais além do que lhe disse, pois, sinto que você quer o trabalho mastigado, mas isso é coisa de criança.

Quando perguntaram a Jesus “onde”, Ele apenas disse: “Vem e vê!”.

Mas para vir e ver tem-se que andar, seguir, passar um dia depois do outro, e crescer na percepção pessoal, enquanto se caminha...

Então, é com você...


Nele, que nos chama a Ele mesmo e não a ninguém ou nada mais,



Caio

10/09/07
Manaus
AM

Nenhum comentário: