COMPARTILHANDO FATOS, IDÉIAS E VIDA ENQUANTO CAMINHAMOS

25 de fev de 2008

O HOMEM VERSUS O HOMEM

Ser homem é carregar vida na morte e morte na vida.

Ser homem é existir preso ao tempo-espaço enquanto se sabe que nossas raízes estão para além das estrelas.

Ser homem é carregar a eternidade em um corpo de morte.

Ser homem é ter a semelhança de Deus em dessemelhança e paradoxo.

Ser homem é desenvolver a consciência entre os espinhos de instintos.

Ser homem é necessitar de amor enquanto não se sabe o que amor é.

Ser homem é gostar de muita coisa que mata.

Ser homem é resistir a muita coisa que salva.

Ser homem é viver dizendo que se ama o que não se abraça e que se odeia o que se carrega.

Ser homem é ser capaz da solidariedade que nem sempre sabe falar de perto.

Ser homem é freqüentemente esquecer-se de quem se é enquanto se julga nos outros aquilo que em nós é abundante.

Ser homem é saber de Deus enquanto se existe em fuga.

Ser homem é mentira, é verdade; é vontade, é preguiça; é amor, é capricho; é divino, é diabo; é eterno, é fugaz; é vinho, é vinagre; é fel, é mel, é água, é fogo; é Adão, é João; é Caio — é herdeiro; é lacaio!

Ser Homem verdadeiro é ser o que o homem não é. Por isso ser Homem de verdade é ser em negação de si mesmo para se poder vir a ser para além de nós mesmos!

Pense nisso!

Caio
20/02/08 - Lago Norte – Brasília/DF

Nenhum comentário: