COMPARTILHANDO FATOS, IDÉIAS E VIDA ENQUANTO CAMINHAMOS

31 de mai de 2012

Santo; Santidade?

De: Marcello Cunha - Estação Virtual do Caminho
Enviada em: quinta-feira, 24 de maio de 2012 11:27
Para: Sérgio França
Santo – Santidade.
Meu irmão,
O Caio não tem respondido e-mails. Muito poucos. Mas não desejo deixar você sem resposta, se ele não te responder.
"Santidade" é um atributo do que É Santo.
E Santo é o Pai Celeste.
Portanto, santidade é um atributo da natureza do Pai.
A palavra "Santo" carrega um significa de "ser separado". Mas não como se fosse um tipo de "Apartheid" ou espirito de convento ou mosteiro.
Esta separação é no sentido de que o ser da pessoa é integral, sem se imiscuir ou mesmo se prostituir com outras naturezas ou consciências.
Ou seja, Deus é Santo porque Ele é o que É. E não há nada capaz de fazê-lo deixar de ser o que É.
Não há ninguém que sugira alguma coisa que o faça deixar de ser quem É.
Não nada que o pressione e o faça deixar de ser quem É.
Não há nada que o influencie e o faça parecer comigo, contigo, com Gabriel ou com Lúcifer.
Não, o Pai sempre será quem Ele é, com sua mente, seu coração, sua opinião, sua vontade, seu olhar, sua decisão, sua natureza intacta. Por isto Ele é "Santo" Ou seja: "separado" pra viver sua individualidade Eterna.
Nós também somos chamados pra sermos Santos. Como isto acontece?
Ora, nós somos santos por conta do olhar e declaração do Pai a nosso respeito.
Qualquer coisa que o Pai ponha o olhar e diga: "É santo!" - santo será.
Sem esse olhar, ninguém consegue jamais ser santo.
Além disso, nós somos santos quando, à semelhança do Pai, crescermos para, cada vez mais, deixarmos de ser influenciáveis, misturáveis, modificáveis. Quanto mais crescemos pra sermos apenas quem nós somos, mais a santidade se estabelece na gente.
Santidade não tem a ver com moral. Tem a ver com integridade do nosso ser, quando nosso indivíduo interior (homem interior, como diz Paulo) é "separado" pra ser quem é em Deus.
Assim, o convite da Graça de Deus é: "Sede santos, como vosso Pai é Santo".
Isto parece um convite louco, pois quem será Santo como Deus? Parece até uma abominação, um sacrilégio, uma motivação satânica...
Mas se vemos isto como um processo de crescimento de consciência, pouco a pouco, diariamente... Vislumbramos um caminho aonde ao final chegaremos à estatura e integralidade do Varão Perfeito, que é Jesus.
Ou seja: caminhamos pra um dia sermos integralmente e tão somente nós mesmos. Como Jesus É Ele mesmo, na Graça e autoridade do Pai. E como o Pai É Ele mesmo, de eternidade a eternidade.
Ele é quem É, e nada o convencerá ou o forçará a ser outra coisa ou outra pessoa.
Isto é ser Santo. E este é o caminho dos que são chamados a serem santos com Ele e nEle.
Espero ter ajudado.
Abração!
Marcello Cunha
redes@docaminho.com <> estacaovirtual@docaminho.com
www.caiofabio.net <> www.vemevetv.com.br <> blogcaminho.blogspot.com.br
marcello.cunha@uol.com.br <> cunhandoverbo.blogspot.com.br
www.facebook.com/marcellocunha <> twitter.com/#!/MarcelloCunha
live.marcellocunha@hotmail.com <> skypemarcellocunha <> Tel.: (21) 8461-7826

Nenhum comentário: